Blog

Home/Blog

Empreendedorismo Social: Como receber mais do que o lucro financeiro em seu negócio

Muito tem se falado no Brasil sobre o Empreendedorismo Social. Essa ideia foi estabelecida há muito tempo na Índia onde Muhammad Yunus criou um Banco de Microcrédito chamado Grameen Bank.

Aqui no Brasil, depois de alguns escândalos envolvendo ONGs e com  as dificuldades do Terceiro Setor em busca de sua sustentabilidade, têm surgido empresas que se intitulam do Setor 2.5, ou seja, que buscam além do lucro, impactar positivamente a sociedade.

Mas será possível conciliar um negócio com objetivos de impacto social? Existem incentivos para negócios além daqueles oferecidos e insuficientes ao terceiro setor? Quais são os apoios que esse empreendedor possui e como criar uma empresa com impacto Socioambiental?

São perguntas que tentaremos responder durante este artigo e confirmar ou não a viabilidade de um negócio com fins que vão além de maximizar o lucro.

Leia Mais

Código CEST – Saiba o que vai mudar nas Notas Fiscais do seu negócio

Desde a publicação do Convênio ICMS 92/2015 do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) vivemos na iminência da entrada de uma nova obrigação na Nota Fiscal. O Código CEST!

A data de início da obrigação já foi alterada algumas vezes e a próxima será dia 1º de Julho de 2017. Desta vez, nos parece que não haverá prorrogação, e devemos nós empresários, estarmos preparados.

Quer saber mais sobre essa obrigação, seus impactos e como se adequar? Continue lendo este artigo.

Leia Mais

Setor de Beleza – Conheça as oportunidades de parceria com seus profissionais e supere a crise

O Setor de Beleza é com certeza um grande empregador e possui características únicas.

Em momentos de crise, ao mesmo tempo que os consumidores cortam alguns gastos com beleza, há uma procura motivada pela própria situação de crise e com as possibilidades de auto estima das pessoas.

Vem desta característica essa importância e dinâmica própria, que pode ou não afetar o seu negócio em momentos de baixo consumo.

Mas atento a isso, em 2016 tivemos mudanças importantes na legislação, reconhecido uma prática que já era adotada com algum nível de risco, de possuir profissionais autônomos, ao invés de celetistas, e poder pagar comissões ao invés de manter um custo fixo.

Foram essas mudanças a Lei do Salão Parceiro e o novo Simples Nacional… vamos saber mais sobre este tema no artigo.

Leia Mais

Simples Nacional – Sua empresa está preparada para as mudanças de 2018?

Em 2016, um dos assuntos mais noticiados em torno do favorecimento das micro e pequenas empresas foi a discussão e a aprovação das mudanças no Simples Nacional.

Das mudanças previstas, já entraram em vigor a previsão de Investidor Anjo e o parcelamento de dívidas em 120 parcelas, sendo que nesta última, muitos se beneficiaram.

Mas as mudanças são mais abrangentes, um conjunto de medidas entrará em vigor somente em 2018. A pergunta que fica é: Você conhece e está preparado para essas mudanças?

Se você respondeu não ou ainda ficou na dúvida, continue lendo este texto para entender as mudanças e o quanto isso mexe com a sua empresa. 

Leia Mais

MarketPlace: O que é, e como utilizar esse canal para vender mais

Já se foi o tempo em que se bastava ter o seu comércio e um único atendimento em um ponto físico. Neste momento para se manter competitivo no varejo é preciso estar em outros canais, complementando e ampliando as oportunidades de venda.

E por falar em outros canais, o e-commerce, para se ter uma ideia movimentou R$ 53,4 Bilhões no Brasil em 2016.  E ele veio para ficar! Em um momento de queda nas vendas, esse canal parece vigoroso, ampliando sua participação.

Diante disto, é importante que considere a ampliação dos seus canais de venda, e isso pode ser feito sem necessariamente ter uma Loja Virtual, você pode atuar através dos MarketPlaces.

Quer saber mais? Continue acompanhando este artigo!

Leia Mais

NPS: Como avaliar a satisfação de clientes e melhorar os resultados de sua empresa (de forma simples, rápida e fácil)

Nestes tempos em que a competição entre empresas é acirrada e que o mercado não vai tão bem, tem algo que faz algumas empresas se sobressaírem: A satisfação de clientes.

Nunca este tema ficou tão em evidência como sendo essencial para o desenvolvimento do negócios.

Mas você, como tem tratado este tema? Tem dado atenção aos seus clientes?

Se você ainda não iniciou essa jornada de melhorar produtos e serviços para garantir a satisfação de clientes, nos acompanhe neste texto. 

Leia Mais