Blog

Home/Administração | Finanças/Como lidar com o investidor após receber aporte de capital

Como lidar com o investidor após receber aporte de capital

Aporte de capital

O aporte de capital é um subsídio ou contribuição que é dado no meio empresarial. E uma dúvida muito comum que assola as empresas é como se deve lidar com o investidor após receber aporte de capital.

O mais recomendado é que o investidor e a empresa construam uma parceria de confiança para que se possa crescer e atingir o verdadeiro potencial. Confira algumas dicas sobre como ter uma boa relação com o investidor após receber aporte de capital para a empresa.

Confiança

É necessário criar um ar de confiança de nível pessoal. Isso funciona a longo prazo, pois a relação entre um empreendedor e um investidor tem tudo para durar por anos. Para construir esse espírito de confiança, é importante sempre ser transparente, compartilhar todas as notícias de importância em tempo real e até convidar para celebrar um contrato novo ou tentar solucionar um problema que surgiu recentemente. Manter o investidor a par de tudo, de coisas boas e ruins, faz com que ele se sinta mais próximo e aumenta o sentimento de confiança.

Conselho de Administração eficiente

É preferível fazer pequenos conselhos e dar uma função clara e específica para cada pessoa do que um grande conselho com funções mais abrangentes. Cada membro de um conselho podem se reunir e cada um reportar sobre o seu progresso. Essas reuniões, entretanto, devem ter um planejamento que indique o que se quer alcançar ao seu final. Refeições são indicadas para criar comunicações informais e ficar a par dos progressos. Apesar da periodicidade variar, é recomendado ter ao menos relatórios financeiros a cada mês.

Recomendamos para você:  PME: O que esperar para 2017 e como se preparar

Material por escrito

Antes das reuniões de Conselho, prepare materiais por escrito eficazes. Esse material deve ser distribuído alguns dias antes para que cada membro possa se familiarizar com o seu conteúdo. Esse material deve ser moderadamente resumido, não ter mais do que 30 páginas e conter algumas informações importantes. Essas informações podem incluir quais eram as prioridades para o trimestre e seus resultados, informações financeiras do período mostradas em detalhes com comparações com o ano anterior, indicadores-chave de desempenho e um breve resumo sobre os principais projetos que estão sendo desenvolvidos e os seus desempenhos.

Investidores podem ajudar em suas áreas de competência

Cada empreendedor deve ter uma boa noção sobre quais são os pontos fortes e fracos de cada pessoa da equipe, assim como do investidor. Geralmente um investidor adiciona valor às apresentações comerciais, para recrutar talentos, em decisões de estratégia macro e, claro, para levantar mais dinheiro. Saiba utilizar o investidor para ajudar o empreendimento com seus conhecimentos específicos em suas áreas de competência.

Se graduar de um investidor caso cresça mais que ele

Não é incomum uma empresa crescer além da área de competência de um investidor ou superar as competências da equipe que a fundou. Nesses casos, é preciso saber quando o fato acontecer e gerenciar de forma inteligente o processo para ter a voz principal sobre quem será o próximo investidor. As recompensas de uma boa parceria com os investidores são enriquecedoras em todos os sentidos.

Recomendamos para você:  6 Resoluções para melhorar sua empresa em 2017

Restou alguma dúvida sobre o tema? Conte para nós ou entre em contato para saber mais sobre o assunto!

Written by

Contadora, pós graduada em Marketing com especialização em Gestão de Projetos. É sócia proprietária da Capital Social Contabilidade e Gestão. Website: www.capitalsocial.cnt.br