7 dicas para expandir o seu negócio
20 de julho de 2015
Tabela do Simples Nacional – Completa
2 de agosto de 2015
Exibir tudo

O que é Demonstração do Resultado de Exercício da sua empresa (DRE)?

A Demonstração do Resultado do Exercício – DRE, é uma das obrigações mais importantes de qualquer empresa, independentemente de seu tamanho.

A DRE tem um papel importante na tomada de decisões por parte dos gestores das empresas e concentra em si informações de grande relevância para a realização de um bom planejamento estratégico e para os investidores e interessados na Sociedade.

Compreenda a estrutura da DRE e a sua importância para a rotina financeira e gerencial da empresa:

O que é a DRE?

A DRE é um tipo de demonstração financeira que tem como foco principal compilar as informações financeiras da empresa a fim de formar o resultado líquido do exercício ou seja o lucro ou prejuízo resultante da operação.

A formação desse resultado se dá através da definição de todas as receitas da empresa, seus custos e despesas conforme o princípio contábil do Regime de Competência de contas.

Perguntas comuns dos empreendedores como, depois de ter operado este ano inteiro quanto a empresa ganhou ou quanto a empresa gastou com determinada despesa, podem ser respondidas com a análise desta demonstração.

Por essas e outras que o DRE é uma das principais demonstrações contábeis.

Como é a estrutura da DRE?

A estrutura da DRE é composta de um resumo financeiro dos resultados operacionais e não operacionais da Sociedade em um período previamente estabelecido e que servirá de base para as análises dos gestores e investidores.

A sua estrutura forma uma lógica de análise por etapas compreendendo o resultado bruto, o resultado operacional, o resultado não operacional e o resultado líquido.

Recomendamos para você:  4 dicas de como aproveitar a alta do dólar e ter mais lucros

Para melhor compreender segue um DRE em formato resumido:

_______________________________
Receita de Vendas
( – ) Custos
( = ) Lucro Bruto
( – ) Despesas Operacionais
( = ) Lucro Operacional
( +-) Resultado não Operacional
( = ) Lucro Antes de Impostos sobre a Renda
( – ) Impostos
( = ) Resultado Líquido ou Lucro ou Prejuízo Líquido
________________________________

Apesar de não ter uma periodicidade definida em lei, a DRE é elaborada geralmente uma vez por ano, com o objetivo de divulgar os resultados da Sociedade no período que se encerrou.

No entanto, ela pode ser elaborada para outras finalidades e em períodos variados, dependendo da necessidade da empresa.

Quais as informações contidas na DRE?

Para compreender a estrutura da DRE, é importante saber quais as informações contidas em cada uma de suas linhas. A construção da DRE se dá a partir dos valores referentes à receita bruta de vendas e serviços prestados pela empresa, suas respectivas deduções, os impostos incidentes e seus abatimentos.

A partir dessas informações, é possível encontrar valor da receita líquida das mesmas vendas e serviços, e que também deve fazer parte da DRE.

Deste valor, devem ser subtraídos os custos das mercadorias comercializadas ou serviços prestados para que seja possível encontrar o valor do Resultado Operacional Bruto do período.

As despesas incorridas devem ser subtraídas e as demais receitas devem ser acrescidas a este valor para que seja obtido o Resultado Operacional Líquido, antes da incidência dos impostos.

Por fim, a provisão para o recolhimento do Imposto de Renda encerra o informativo proposto pela DRE.

Um dos pontos mais importantes para o Empreendedor é entender de forma adequada a separar o que são Custos e o que são Despesas, a partir deste entendimento é possível ter uma visão melhor sobre a empresa e definir estratégias vencedoras de rentabilidade das vendas, para entender melhor esses conceitos sugiro uma passada pelo nosso post Como organizar despesas e receitas da empresa de um jeito fácil.

Recomendamos para você:  5 motivos para separar gastos pessoais dos gastos da empresa

Por que elaborar uma DRE é importante?

A vida financeira da empresa, o resultado de seus investimentos e estratégias adotadas ao longo de um determinado período, são facilmente demonstrados e visualizados através da elaboração de uma DRE seguindo a metodologia contábil correta.

Algumas informações necessárias à realização de um planejamento tributário ou até mesmo um planejamento estratégico de negócios são refletidas através da DRE, possibilitando que através da simulação de cenários o estudo de novas estratégicas a serem aplicados no futuro.

Mas a análise de cenários pareceu algo distante para a sua empresa? Não tem problema, pois através do DRE é possível calcular indicadores simples para a gestão do dia a dia, a exemplo disso é a análise do ponto de equilíbrio e os indicadores de resultado.

Analise do Ponto de Equilíbrio

O uso das demonstrações financeiras que defendemos, vai além da sua simples leitura e entendimento, pois através dela podemos analisar mais profundamente identificar a eficiência da gestão através do uso de analises e indicadores. Um destes é a Análise do Ponto de Equilíbrio.

O conhecimento do ponto de equilíbrio da empresa, que também pode ser chamado de breakeven point, fornece ao empreendedor a resposta para a seguinte pergunta:

Quanto é preciso vender ou produzir para que o negócio dê lucros?

E para o cálculo do correto deste indicador é necessário ter em mãos informações sobre os custos variáveis da empresa e os seus custos fixos e despesas. Essas informações estão disponíveis no DRE.

Se você não conhece como é feito este cálculo, sugiro acessar o post: Entenda a importância de conhecer o ponto de equilíbrio da sua empresa que possui inclusive um exemplo do cálculo.

Recomendamos para você:  Descubra como calcular o índice de endividamento da empresa

Indicadores de Resultado

Como vimos anteriormente o DRE é a demonstração que mostra o resultado da empresa em determinado período de tempo, então através da análise de indicadores é possível saber qual a eficiência do investimento realizado pela empresa. Vamos há alguns exemplos de indicadores.

Retorno sobre os ativos

Os ativos de uma empresa é o valor do investimento realizado para que a empresa opere, sabendo disto um bom indicador de análise é o Retorno sobre os ativos ou o RSA. Ele irá indicar se os investimentos têm se traduzido em aumento da rentabilidade.

RSA = Lucro Líquido / Ativo Total

Margem Líquida

Este é um dos indicadores mais conhecidos e utilizados, e é conhecido como Retorno sobre as Vendas, e demonstra ao empreendedor qual o percentual de faturamento foi realizado e se torno lucro líquido.

RSV = Lucro Líquido / Vendas

Retorno sobre o Patrimônio Líquido

Os analistas de mercado chamam esse indicador de returno on equity (ROE). A leitura deste indicador indica o quanto os investimentos diretos dos sócios proporcionam lucros.

Este é indicador importante pois demonstra o resultado prático da abertura de uma empresa, proporcionar retornos aos seus sócios.

RSPL = Lucro Líquido / Patrimônio Líquido

Esses indicadores são somente alguns que podem ser gerados através dos números e demonstrativos contábeis, por isso o uso adequado das demonstrações gera um grande diferencial para o empreendedor e empresário atento a essas informações, já que ao sinalizar problemas é possível rapidamente tomar medidas corretivas.

E você possuiu estas informações para tomar medidas rápidas? Faz uso do planejamento financeiro? Divida conosco os seus comentários.

0 Compart.
Compartilhar
Compartilhar
Twittar