Ganhos de Escala – Descubra como aumentar a produtividade e lucros em sua empresa

Comunicação Interna: Como destacar a sua empresa em um ambiente competitivo
julho 11, 2017
O poder do Coaching: como esse método pode te ajudar
julho 25, 2017
Exibir tudo

Ganhos de Escala – Descubra como aumentar a produtividade e lucros em sua empresa

Normalmente os negócios e empresas surgem pequenos, vão amadurecendo, crescendo até se tornarem grandes negócios. Na etapa de maturidade é importante se tornar rentável e expandir.

Se esse é o seu desafio atual, o caminho deve ser criar Economias ou Ganhos de Escala em sua empresa. Isso vai proporcionar redução de custos e aumento da lucratividade.

Porém, muitos acham que ganhos de escala somente servem para empresas que possuem atividade de produção de bens. Ela serve para todos os tipos de empresas, incluindo Comércio e Serviços.

Se esse é o seu desafio, crescer e se tornar rentável, saiba o que é Ganhos de Escala e como aplicar em sua empresa.

1. O que é Ganho de Escala ou Economias de Escala?

Ganhos de Escala ou Economias de Escala é quando um aumento na produção, comercialização ou prestação de serviços não vem acompanhada de um aumento proporcional no custo, fazendo com que o custo médio seja mais barato e assim gerando redução de custos e aumento da lucratividade.

Essa redução do custo médio, está associado a por exemplo, a introdução de formas de produção mais eficientes, a compra de matérias primas em maior escala, a redução de custos de transporte ou financeiros por ter um volume maior de transições, ou o próprio aumento da destreza ao realizar a atividade.

O exemplo clássico é o da produção, pois imagine o custo de produzir o primeiro bem, uma geladeira por exemplo, ao se produzir a segunda, a habilidade de produção é maior e o tempo reduzirá. Com o volume maior, pode-se introduzir máquinas, e as peças que eram entregues separadas por correios agora são enviadas por transportadora.

Dá para imaginar a evolução acima e como os custos se reduzem?

Não é comum pensar assim para as atividades de serviços, mas imagine que em um dia, dê para se cortar o cabelo de 20 pessoas. Ao cortar somente o cabelo de 10 pessoas o custo do profissional é o dobro proporcionalmente de se cortar 20.

Agora imagine que com uma técnica nova para secar o cabelo o mesmo profissional consiga dar conta do cabelo de 30 pessoas. O custo do profissional ficará diluído em mais serviços entregues ao consumidor. Essa é razão de se pensar em Economia de Escala!

2. Como sua empresa pode se beneficiar dos ganhos de escala

Ganhos de Escala são essenciais para a empresa continuar a crescer e deve ser buscado a todo o momento. Ao crescer, a empresa terá mais e maiores competidores a enfrentar e um novo nível de entrega.

Essa também é um oportunidade de escalar, que é aumentar exponencialmente as vendas sem elevar os custos. Esse tipo de estratégia é muito comum nas startups. Normalmente há um investimento inicial, que após ter o produto pronto, o acréscimo de consumidores não implica em mais custos.

Isso não é novo, esse tipo de estratégia é o mesmo dos chamados bens públicos. Imagine termos muitas empresas de saneamento oferecendo água encanada, é um pouco difícil não é mesmo?! Para explicar, depois do investimento em uma estação de tratamento de água, esticar o cano, incluir um relógio de cobrança de água, tem um custo adicional muito pequeno.

Ao adotar essa estratégia, é comum ver uma grande transformação na empresa, pois em pouco tempo o papel do proprietário na execução das tarefas mudará para cuidar da gestão, da cultura e no controle de produtividade.

3. Ações que podem elevar os ganhos de escala

Não existe receita de bolo para essas ações, pois elas podem variar de acordo com o ramo e o tipo de produto ou serviço. Mas vale a pena pensar em algumas questões que fazem sentido e podem ser direcionadoras.

  • Analisar o custo marginal – O custo marginal é a elevação do custo para a produção de um bem ou serviço a mais. Entenda qual é ele, pois sem isso você não saberá se as ações estão ou não surtindo efeito.
  • Aquisição de Mercadorias e Matérias Primas – Sabemos que a aquisição em maiores volumes pode reduzir o custo da aquisição. Avalie se é possível fazer compras em volumes maiores sem prejudicar aspectos como estoque e custo financeiro. Uma ação é participar de Redes Empresariais de Compras Coletivas, participando delas o custo unitário pode se reduzir.
  • Analisar atividades que podem ser terceirizadas – Algumas atividades podem ser desempenhadas de forma mais eficiente se feitas por um especialista. Avalie quais podem ser terceirizadas na sua empresa e verifique a possibilidade de terceirizar. E falando nisso, nós fizemos um texto sobre a nova lei da Terceirização, você pode dar uma conferida clicando aqui.
  • Aumentar o rendimento de máquinas e equipamentos – Uma outra forma é avaliar a produtividade de máquinas e equipamentos e explorar melhor possibilidades de automação. Utilizando ou configurando melhor o uso pode se ganhar muita eficiência.
  • Cuide do processo – Mapeie processos, tomando o cuidado para já fazer alterações que aumentem sua eficiência e mude as formas de trabalho. Muitas vezes reorganizando a forma de processo, cuidando da especialização de quem o realiza ocasiona bons resultados.

4. Cuidados e riscos que devem ser observados

Risco nos Ganhos de Escala

Embora com um foco bem claro em ganhos de escala, a empresa deve equilibrar essa visão para não incorrer em risco de um foco “míope”.

Isso ocorre nas compras. Comprar mais realmente te trará um menor custo unitário, mas quais são seus efeitos nos custos de estoques ou quais são suas implicações no Caixa da Empresa? É importante ficar de olho, e fazer uma Projeção de Fluxo de Caixa é importante para garantir esse equilíbrio, que é essencial.

Outro exemplo é na terceirização, ela não pode fazer com que o seu produto ou serviço tenha uma qualidade inferior da esperada pelos consumidores. Procure terceirizar atividades que não impactem no produto, como por exemplo a área contábil ou financeira da empresa.

Mas vale considerar que existem claras economias que não valem a pena para uma estratégia de crescimento!

Então, para te ajudar a não se complicar, criamos um e-book com 69 dicas rápidas de como economizar na sua empresa. Ficou interessado? Baixe gratuitamente e veja como aproveitar essas 69 oportunidades de conseguir economizar e mesmo assim escalar o seu negócio!

5. Resumo

Ganhos de Escala devem ser perseguidos por todas as empresas para poder crescer de forma rentável e sustentável. Isso significa que as empresas devem sempre perseguir o aumento das vendas sem que elas aumentem proporcionalmente os custos.

Esse tipo de estratégia é muito comum nas startups, onde o desejo é lançar produtos que escalem, ou seja, atinjam muitos consumidores a um custo adicional baixo. Para isso existem diversas estratégias que podem ser utilizadas como participar de redes de compras coletivas ou ainda terceirizando atividades.

Mas para fazer isso é importante estar atento aos riscos ou situações adversas, como aumento dos custos de estoque e financeiros ou ainda prejudicar a qualidade dos produtos.

E você, gostou do texto ou acha que ele faz muito sentido para a sua empresa? Aplique os conceitos de ganhos de escalas e divida com a gente os resultados em comentários.

Leandro Oliveira
Leandro Oliveira
Leandro Oliveira é contabilista e economista formado pela PUCSP. Especialista em Finanças e Projetos Six Sigma, possui mais de 17 anos de experiência nas áreas de Finanças e Contabilidade.