Blog

Home/Impostos | Tributos/Quais impostos uma empresa paga na emissão da NF-e?

Quais impostos uma empresa paga na emissão da NF-e?

A nota fiscal eletrônica (NF-e) é um tipo de documentação fiscal que tem a mesma validade de uma nota fiscal impressa, mas foi elaborada com o objetivo de modernizar o sistema de notas fiscais do Brasil.

O surgimento da NF-e otimizou não apenas sua emissão, mas também facilitou o armazenamento digital e os meios de fiscalização do governo.

Os empreendedores que estão à frente de negócios de micro e pequeno porte, sobretudo aqueles que optaram pelo regime de tributação do Simples Nacional, podem ser bastante beneficiados com a emissão de NF-e em sua empresa.

Com esse tipo de nota, é possível documentar de maneira autenticada as operações de circulação de mercadoria ou de prestação de serviços, com muito mais segurança e praticidade e com a nova legislação que obriga as empresas a informarem o consumidor quais são os tributos que incidem em seu consumo (Lei nº 12.741/2012), não haverá dificuldade em cumprir as novas determinações, se o empreendedor souber acertadamente quais são os impostos e contribuições que incidem na NF-e emitida.

Recomendamos para você:  CPOM - É melhor conhecer do que ser bitributado no ISS

Você saberia dizer quais seriam esses tributos? Continue acompanhando nosso artigo e veja a carga tributária que é cobrada em uma NF-e:

Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ)

No Imposto Sobre a Renda da Pessoa Jurídica, os contribuintes podem ser pessoas jurídicas ou empresas individuais, tributadas na forma simples, pelo lucro real, lucro presumido ou lucro arbitrado.

Normalmente integram a base de cálculo todos os ganhos e rendimentos de capital, e a alíquota em geral satisfaz a 15% desse montante, com a adição de 10% sobre a parcela do lucro que exceder R$20 mil por mês.

Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS)

Esse é um tributo de competência estadual, em que cada Estado (ou DF) legisla sobre os valores a serem cobrados. As alíquotas variam segundo cada ente federativo, dependendo do Estado de origem e de destino das mercadorias.

Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI)

Tributo que incide sobre produtos que saem de estabelecimentos industriais ou que tenham passado por processos industriais e sejam provenientes de outros países.

Não incorre sobre as matérias-primas que não tenham sofrido modificações desde sua extração.

Imposto de Importação (II)

Tributo federal, que é cobrado quando produtos estrangeiros entram em território nacional, com base no valor aduaneiro apurado. Obviamente, o imposto só vai estar na sua NF-e se houver uma importação.

Recomendamos para você:  Contabilidade: Documentos que eu tenho que enviar mensalmente para o contador

Imposto de Exportação (IE)

Outro tributo federal com papel regulatório, como o II, mas que incide sobre o valor final de um produto nacional (ou nacionalizado) para outro país. Também só vai aparecer na NF-e caso o empreendedor exporte suas mercadorias.

Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros (IOF)

Este imposto federal também não vai aparecer em todas as NF-e emitidas pelo empreendedor, a não ser que as vendas tenham a ver com operações de crédito, seguros, câmbios ou títulos e valores imobiliários de cotação na Bolsa de Valores.

Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins)

Tributo federal que incide de modo variável sobre a receita bruta das empresas, com o fim de custear a previdência social, a saúde e a assistência social.

Imposto sobre serviço de qualquer natureza (ISSQN)

Tributo de caráter municipal, que é recolhido no município em que o serviço foi prestado, cuja alíquota varia conforme a legislação municipal – entre 2% a 5%.

Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL)

Tributo federal que incide sobre o lucro líquido do período-base das pessoas jurídicas, tendo por objetivo financiar a seguridade social. Suas alíquotas ficam entre 10% e 12%.

Programa de Integração Social (PIS)

Contribuição social que financia o pagamento do seguro-desemprego, do abono e participação na receita dos órgãos e entidades para os trabalhadores públicos e privados.

Esses são os tributos mais usuais nas NF-e, mas nada impede que outras taxas, contribuições e impostos venham a ser somados a essa carga tributária.

Recomendamos para você:  CNAE: Se você não definir a atividade de sua empresa corretamente vai se odiar depois

Agora que você sabe os impostos que estão atrelados à emissão de sua NF-e, vai poder fazer uma ótima gestão financeira e preparar sua empresa para a nova legislação, sem problemas.

Fazer uma boa contabilidade é um fator estratégico para qualquer tipo de negócio, e se você tem dificuldades em relação a isso, vale a pena terceirizar esses serviços com um especialista.

Se você ficou com alguma dúvida escreva para nós através dos comentários!

Gostou do texto? Então compartilhe esse post para que cada vez mais textos na internet sejam lidos.

Written by

Contadora, pós graduada em Marketing com especialização em Gestão de Projetos. É sócia proprietária da Capital Social Contabilidade e Gestão. Website: www.capitalsocial.cnt.br

  • Ruan Pablo

    Boa Noite !
    Tenho empresa, prestação de serviços,preciso tira duvidas de quais tributos tenho que pagar,pois a contadora me falar que só preciso ter gasto com funcionários,a mesma me informar que nem preciso gerar nota.
    Desde já agradeço!

  • Ruan Pablo, os impostos dependem do tipo de enquadramento tributário da sua empresa. Como é algo bem específico vamos marcar uma reunião via skype. Minha agenda está disponível em https://capitalsocial.cnt.br/agenda/ basta selecionar o melhor horário e confirmar, daí consigo te explicar de acordo com as características da sua empresa.

  • Iarly

    Meu amigo, estou iniciando agora, abri uma empresa de representação comercial na área de móveis, estou na duvida de qual tributo pagar. Qual seriam os impostos a serem pagos?

  • Olá Iarly, bom dia

    A representação comercial é uma atividade de serviço, e no seu caso em particular o CNAE é o “4615-0/00 – Representantes Comerciais e Agentes do Comércio de Eletrodomésticos, Móveis e Artigos de Uso Doméstico”.

    Se sua empresa estiver enquadrada no Simples Nacional, o Anexo é o VI, que inicia a alíquota em 16,93%. Os principais impostos a serem pagos são o IRPJ, CSLL, PIS, COFINS, Contribuição Patronal INSS e o ISS Municipal.

    Pontos importantes sobre essa atividade são que: Não é possível optar pelo MEI e é necessário o Registro no Conselho Regional de Representante Comercial.

    Espero te esclarecido as principais dúvidas, caso contrario entre em contato conosco.

    Um grande abraço,

  • Iarly

    Perfeito, muito esclarecedor!

    Mais uma duvida, na mesma linha… Eu sendo MEI, prestando um serviço de montagem de móveis, a empresa para qual será prestado esse serviço de montagem, solicitou a NF, tem de ser pago algum tributo ou ficaria isento, pois pago o DAS? Gero a nota sem os impostos?

    Desde já agradeço,

    Obrigado pelo espaço e parabéns

  • Iarly, bom dia

    Normalmente os impostos não são destacados na Nota Fiscal pois você já faz o pagamento da DAS que possui todos os impostos que o MEI deve pagar.

    Um Abraço,

  • Alexandre Prazeres

    Boa noite, recentemente criei uma MEI, e trabalho na área de T.I, estou fechando um contrato com uma empresa e elas exigem nota fiscal para o pagamento do serviço. Qual o valor aproximado de imposto a pagar para emitir essa nota ? Sei que vária por estado-município. Sou de São Luís – MA. Obrigado

  • Alexandre Prazeres

    O que preciso para poder emitir essa nota ? PS: Já estou realizando o cadastro como contribuinte perante a SEMFAZ do meu município.

  • Olá Alexandre, boa tarde

    Após o cadastro de contribuinte na SEMFAZ você precisa fazer o credenciamento para emissão de NFSe, o formulário deste credenciamento você encontra no link http://stm.semfaz.saoluis.ma.gov.br/portalPrefeitura/jsp/nota/credenciamento.jsf

    Ao salvar o formulário ele irá gerar um protocolo que deverá ser assinado por você, reconhecida firma e entregue na Av. Kennedy, 1455 – Bairro de Fátima, 2º andar, com o Certificado do MEI e cópia do seu RG.

    Efetuando o credenciamento com sucesso você terá acesso para emissão de notas fiscais pelo portal da Prefeitura.

    Com relação aos Impostos, como você está enquadrado como MEI você terá somente que efetuar o pagamento da DAS de valor fixo, não há impostos a serem destacados na nota fiscal.

    Entre em contato conosco, temos um Serviço que realiza todo o atendimento as obrigações e orientações para o Micro Empreendedor Individual. Um Abraço

  • PATY CARMO

    Bom dia!
    Quantos por cento pagarei de imposto mensal sobre o valor total das NFs que eu tirar?
    Sou do RJ e a minha é ME.

  • Olá Paty, bom dia!

    Se sua empresa é optante pelo Simples Nacional, você deverá observar a tabela de alíquotas por anexo. Essa tabela funciona com faixas de faturamento dos últimos 12 meses, ou seja quanto mais você faturar, maior será alíquota.

    Para saber ao certo o % precisaria de mais detalhes pois são 6 tabelas diferentes de acordo com a atividade da empresa.

    Caso ainda tenha dúvidas, vamos marcar uma conversa através do link https://capitalsocial.cnt.br/agenda basta selecionar dia e horário.

    Abraços

  • José

    Boa noite! Tenho MEi e vou iniciar prestação de serviços para ndustrias, para realizar serviços irei importar peças para equipamentos que farei manutenção! Como deverei emitir nota fiscal? Prestação de serviço e peças utilizadas e tambem será feito em outros estados!

  • Olá José.
    Existem alguns Estados e Municípios que possuem nota fiscal conjugada, para ter em um mesmo documento o serviço e o produto. Mas isso não é tão comum.

    Você precisa verificar se a sua atividade compreende revenda de peças para que se obtenha a inscrição estadual, podendo assim emitir também notas fiscais das peças.

  • Uilas

    Boa tarde….
    Tirem uma dúvida minha por favor!
    Emitir uma NF e no mês seguinte foi gerado o imposto da mesma, paguei tudo certo , só q perdir o comprovante de pagamento o q eu faço?

  • Olá Uilas. boa tarde

    Minha sugestão é que sempre faça pagamentos utilizando a Conta Bancária da Empresa, isso facilita a conciliação e no caso de perda é facilmente recuperado pelo Banco.

    Agora se você precisa comprovar o pagamento, se os impostos forem federais é possível tirar do ECAC (Sistema da RFB) um documento de identificação do pagamento.

    As secretárias da Fazenda Estaduais e a Secretária de Finanças Municipais, podem ter sistemas semelhantes de acordo com o Estado e Município que você se encontra.

    Segue o link do ECAC: https://cav.receita.fazenda.gov.br/eCAC/publico/login.aspx

  • Ariane Raissa

    Olá estou querendo abrir uma MEI para prestação de serviços, porém algumas pessoas me disseram que quando eu passar uma nota fiscal de serviços não haverá taxa sobre ela, estou em dúvida em relação a isto, e se eu pago alguma taxa quanto é a porcentagem sobre cada nota que eu emitir?

  • Olá Ariane, bom dia

    O MEI paga seus impostos por via de uma Guia de Valor Fixo que se chama DAS. Desta forma o imposto da empresa estará pago e não será cobrado um valor determinado por alíquota.

    Espero ter ajudado.

  • renato henrique sousa

    apos emitir uma nota fiscal, qual o prazo q possuo para cancelar a nota sem ser tributada?

  • Olá Renato, bom dia

    Estou incluindo neste comentário o link do Portal da Nota Fiscal Eletrônica que possui a resposta a sua pergunta.

    http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/perguntasFrequentes.aspx?tipoConteudo=7zEQFBPObw0=

    Espero ter ajudado. Um abraço

  • Gabriel Gil

    Boa noite. Tenho uma academia de musculação e meu faturamento mensal em maquina de cartão é de aprox. 8000,00. Quanto devo emitir de NF?

  • Olá Gabriel,

    É uma obrigação de todas as empresas emitirem notas fiscais a cada serviço prestado ou produto vendido, portanto você deve emitir notas fiscais pela totalidade de alunos da academia, independente da forma de pagamento.

    Espero ter ajudado.

  • Douglas Junio Hap

    Boa tarde
    E obrigatório as empresas pagarem diferença de impostos de produtos comprados em outros estados?
    Pois tenho loja de roupas e estou querendo compra em outros estados, porem gostaria de saber se e cobrado em notas eletronicas

  • Olá Douglas, boa tarde

    Sua empresa é do Simples Nacional, certo? Se sim, ela deve pagar o Diferencial de Alíquotas na entrada de mercadorias para revendas adquiridas em outro Estado.

    Essa cobrança não existe no RPA (Regime Periódico de Apuração) para empresas que não aderem ao Simples.

    A previsão legal está na LC 123/2006, art. 13, § 1°, XIII

  • Celsat Birth

    Emiti uma nota fiscal eletrônica e apareceu no rodapé da nota um tributo em cima do valor declarado na nata sou MEI

    Grato

  • Fernanda Domingos

    Oi, eu estou indo em uma dentista e para emitir a nota fiscal, devido aos impostos envolvidos (que eu não sei exatamente quais são), ela me cobrou R$ 100,00 a mais. Isso não está abusivo?

  • Fernanda Domingos

    Oi, eu estou indo em uma dentista e para emitir a nota fiscal, devido aos impostos envolvidos (que eu não sei exatamente quais são), ela me cobrou R$ 100,00 a mais. Isso não está abusivo?

  • Olá Fernanda,

    É obrigatória a emissão de nota fiscal de produtos e serviços prestados. Isso não deve ter custo adicional ao consumidor já que é uma obrigação do estabelecimento.

    Espero ter ajudado

  • Continuo sem entende os custos com nota fiscal, ser sou MEI e trabalho com prestação de serviços vendendo espaço publicitario para empresa, além do valor cobrado mensalmente quanto vou ter desconto por causa imposto por emitir nota fiscal. Quero saber determinado melhor preço do anuncio?

  • Olá Cristiano, bom dia

    O artigo é tratado de forma geral. No caso especifico de um MEI de serviços, o único imposto é a DAS de valor fixo que deve ser paga mensalmente.

    Segue um artigo sobre o MEI: https://capitalsocial.cnt.br/direitos-e-obrigacoes-mei-o-micro-empreendedor-individual/

  • Fiscal AM

    Eu como empresa o que eu realmente irei pagar para o fornecedor? será o valor liquido? ou o valor do serviço ?

  • Erick Castro

    Cristiano Marcio, no seu ramo de atividade que é “serviços que vendem espaço publicitário para empresa” você não teria que ser uma ME?
    Pois estou com um projeto que é do mesmo seguimento e muitos me disseram que esse ramo de atividade não se enquadra da MEI e sim na ME.
    Alguém sabe me dizer sobre esse assunto, por que estou confuso já ?

  • Erick e Cristiano, para ter certeza sobre a atividade ser ou não permitida vocês devem verificar no Portal do Empreendedor do Governo Federal, segue o link abaixo.

    Em não sendo permitida a atividade no MEI o caminho natural é o ME embora se tenha que fazer o cálculo para entender se o enquadramento no Simples Nacional trará mais vantagens que os demais. Segue o link

    http://www.portaldoempreendedor.gov.br/mei-microempreendedor-individual/atividades-permitidas

  • Olá Fiscal, não entendi muito bem a sua questão.

  • Erick e Cristiano, para contribuir!

    O CNAE 7312-2/00 de Agenciamento de espaços para publicidade, exceto em veículos de comunicação, que imagino ser o caso de ambos, não está listado no MEI.

    Portanto o caminho natural é abrir uma ME. No Simples Nacional a Tabela é do Anexo III.

    Se ligarem para nossa equipe podemos ajudar na abertura da empresa, fazendo a escolha adequada de CNAEs.

  • Márcia Jaíra

    Sou eireli no simples, atividade de saúde, se receber pagamento através de cartão de crédito terei que emitir nota fiscal independente do valor recebido e irei pagar 6% por cada pagamento recebido com o cartão ?

  • Olá Márcia, boa tarde

    O valor da nota fiscal deve ser emitida com o valor do serviço. As taxas de cartão de crédito ou de boleto são despesas do meio de pagamento.

    Abraços,

  • Renata B Martins

    Regina bom dia! Gostaria de saber quais impostos incidem em uma nota de serviço prestado até R$ 5.000,00 e acima desse valor, pois fui informada dos seguintes impostos: ISS 5% PIS 1,65% COFINS 7,60% até 5K e acima desse valor, incidirá IR de 1,5% Essa informação procede? Existirá mais algum “roubo” tributário nessa nota fiscal? Desde já, agradeço por sua atenção dispensada. Muito obrigada!

  • Olá Renata,

    As alíquotas informadas vão depender do enquadramento tributário da empresa, se Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real.

    Sugiro que você baixe o material Planilha de Simulação Tributária para entender melhor como funciona os impostos em cada enquadramento tributário.

    http://materiais.capitalsocial.cnt.br/simulador-planejamento-tributario/