Blog

Home/Administração | Finanças/Contabilidade gerencial: entenda como ela pode ajudar sua micro ou pequena empresa a crescer

Contabilidade gerencial: entenda como ela pode ajudar sua micro ou pequena empresa a crescer

Contabilidade Gerencial: A expressão parece um pouco assustadora? Se lhe parece, saiba que muito de seus conceitos você já vê atuar ou aplica em seu dia a dia empresarial.

Ela diz respeito aos processos de análise de custos, verificação da rentabilidade, descritivo de suas receitas e de seus gastos — mas só que agora aplicados ao processo gerencial.

O seu objetivo é servir como instrumento para auxiliar o dono do negócio ou o gestor de uma empresa a tomar suas decisões com base em dados concretos. Ficou curioso para saber mais? Continue lendo!

Como é feita a contabilidade gerencial?

É preciso dizer que este processo vai um passo além da contabilidade tradicional. Ela não para na entrega dos relatórios; em vez disso, oferece análises detalhadas destes relatórios.

É aqui que cabe uma resposta para aquela velha pergunta de todo empreendedor. “O que eu faço com isso (Balanço da Empresa)?” E a resposta é, “transforme em indicadores gerenciais e tome decisões a partir deles”.

E nisso o seu contador poderá ajudar, ele que é um especialista no entendimento dos números da empresa, vai poder olhar para os seus registros e apontar onde há problemas e onde há possibilidades, é claro, através dos indicadores.

Saiba no que mais o seu contador poderá ajudar no artigo “8 motivos para contratar um contador para sua empresa”.

A partir daí, depende de você decidir quais possibilidades são realmente viáveis no mercado, ou na estrutura de produção e quais vão agregar valor para os clientes e para sua organização.

Quais são as diferenças entre a Contabilidade Gerencial e a Financeira

Um dos motivos para a pergunta dos empreendedores sobre o que fazer com um Balanço está relacionada a Contabilidade Financeira, pois nela o importante é cumprir as normas e realizar as obrigações acessórias para o governo.

Recomendamos para você:  MVP e MEI: Como essas siglas podem ajudar a criar um negócio de sucesso

Já na Contabilidade Gerencial a prioridade é a tomada de decisão. Tendo isso em mente o usuário dessas informações é o próprio empresário e sua equipe, muito provavelmente não vai interessar ao governo se o indicador a ou b piorou, agora para você, tenho certeza que sim.

Mas por que devo me preocupar com isso?

Nas pesquisas do Sebrae sobre a mortalidade de empresas fica claro que os motivos Gerenciais são os motivos mais significativos, mesmo quando a causa não é gestão, a falta de informação faz como que essas causam sejam ainda piores.

Os gestores de micro e pequenas empresas (MPEs) muitas vezes se deparam com decisões que podem comprometer seriamente o crescimento do negócio se não forem bem executadas ou se forem feitas sem analisar bem os cenários.

Quanto a empresa gera de recursos com a operação? Se eu aumentar as vendas poderei gerar mais caixa? Essas e muitas outras perguntas poderiam ser facilmente respondidas, mas usar a intuição sozinha pode causar graves erros e, claro, prejuízos.

Por isso, é essencial que suas decisões também sejam apoiadas por dados. Isso aumenta a probabilidade de acerto ao traçar uma nova estratégia!

Como utilizar

Existem duas utilizações principais, são elas o Planejamento e o Controle da Empresa.

Planejamento Empresarial

O Planejamento Empresarial é utilizado para garantir a sobrevivência e crescimento de um negócio. Sem planejar o futuro o empreendedor fica sem rumo, não tem um passo a passo do que realizar para crescer.

Através dos indicadores gerenciais, é possível traçar metas e objetivos e identificar quais são as ações necessárias para atingi-las.

Neste caso, além de utilizar as informações geradas pelos balanços patrimoniais, demonstrações de resultados e fluxo de caixa, é necessário fazer projeções e utilizar orçamentos para a tomada de decisões.

Controle de Indicadores

Estabelecer um bom planejamento não basta, é preciso controlar para verificar e checar se as ações estão surtindo efeito.

Saiba mais sobre estratégia empresarial e execução em “Estratégia: Saiba porque não basta executar com perfeição”.

Recomendamos para você:  Curva de Valor: Saiba como definir sua estratégia e se diferenciar da concorrência (garantido)

Portanto a Contabilidade Gerencial, utilizada no processo orçamentária, servirá também para suportar o controle de indicadores para acompanhar o Plano.

Esses indicadores também servirão para que o Gestor mude de rumo conforme as ações forem executadas.

Características

Existem algumas características que marcam a contabilidade gerencial.

Inexistência de princípios: as empresas não precisam seguir nenhum tipo de princípio para criar indicadores gerenciais a partir da contabilidade, basta que faça sentido para a administração.

Olhar para frente: A análise mesmo que com dados passados, possui um caráter de olhar para frente, seja para tomar uma decisão que mude a situação ou para projetar o futuro da organização.

Proporciona informação especifica: É possível estabelecer o foco do que se quer observar e criar informações especificas para isso, assim o foco será total no que é mais importante.

Quais são os principais dados que são gerados

Como podemos observar durante o texto, a Contabilidade Gerencial é desenvolvida para o empreendedor, assim sendo é possível estabelecer o seu foco e onde atuar. É claro, existem já alguns dados que são comuns nas empresas, veja quais são.

  • Apuração de custos dos produtos vendidos/fabricados
  • Projeção de orçamentos empresariais
  • Análise de desempenho (índices financeiros)
  • Cálculo do ponto de equilíbrio
  • Determinação de preços de vendas
  • Planejamento tributário

Sou MEI, preciso disso?

O Microempreendedor Individual não é obrigado a manter os livros contábeis conforme a legislação que regulamenta. Porém discutimos aqui neste artigo que a falta de informação pode levar o empresário a tomar decisões erradas.

Isso ocorre também com o MEI, por isso indico fortemente que se tenha um contador parceiro, primeiro porque tendo um contador e apurando o lucro contábil o MEI não terá Imposto de Renda na Pessoa Física e segundo porque um Contador poderá ajudar demonstrando informações que muito provavelmente estariam perdidas sem a contabilidade.

Atualmente os Escritórios de Contabilidades possuem serviços exclusivos para o MEI, tudo para ajudar no crescimento destas empresas, um exemplo é a Capital Social, entre em contato conosco para entender melhor o que oferecemos para você.

Tem dúvidas se um contador serve para sua empresa leia nosso artigo “Preciso de Contador? Saiba porque sua empresa precisa de um

Recomendamos para você:  A importância da conciliação bancária para a sua empresa

Quem poderá fazer a contabilidade gerencial?

Ela poderá ser desenvolvida por um contador experiente e que apresente boa noção de administração. Ele te auxiliará no processo de planejamento e tomada de decisões na sua PME.

Assim, embora ele não vá tomar decisões (papel este que cabe a você, gestor), é preciso que ele mostre a você o que é relevante para a organização para ser possível determinar quais aspectos da contabilidade serão igualmente relevantes à estratégia da empresa.

Também é essencial que esse contador entenda a empresa em si: os valores, o mercado, a atividade, seus objetivos e prioridades.

Embora ele seja teoricamente um prestador de serviços externo, deverá estar verdadeiramente imerso na realidade do negócio. Em outras palavras, não é indicado que o próprio gestor cuide sozinho da contabilidade de sua micro ou pequena empresa.

Ele até pode fazer isso, mas dificilmente terá o mesmo olhar crítico que tem um especialista. Esse é um trabalho que exige a formação de uma equipe: o contador na descrição e análise dos dados e o gestor na análise e decisão a partir de informações contextualizadas.

Você já está aplicando contabilidade gerencial no seu negócio? Conte um pouco das experiências e dos resultados que você obteve. Se você tiver alguma dica para outros leitores do Capital Social comente também!

Saiba mais sobre o assunto através dos artigos abaixo:

Endeavor: Contabilidade gerencial é muito mais do que calcular impostos. É informação para decidir estrategicamente

Wikipédia: Contabilidade Gerencial

Templum: O que é contabilidade gerencial e como utilizá-la como ferramenta estratégica da empresa

Written by

Leandro Oliveira é contabilista e economista formado pela PUCSP. Especialista em Finanças e Projetos Six Sigma, possui mais de 17 anos de experiência nas áreas de Finanças e Contabilidade.