Desafios das PME’s para Crescer – Especial dia Nacional da Micro e Pequena Empresa

Captar recursos
Captar recursos para o seu negócio – Conheça as alternativas e dicas para financiar seu crescimento
outubro 1, 2017
mei-ou-me
Sua empresa cresceu? Saiba como mudar de MEI para ME
outubro 9, 2017
Exibir tudo
Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa

Hoje é o dia nacional da Micro e Pequena Empresa! Embora atualmente sejamos reconhecidos como peça chave para crescer, gerar empregos e desenvolver o país, ainda há muito a fazer para facilitar o dia a dia do empreendedor.

Representamos hoje, cerca de 99% das empresas formalizadas, empregamos 52% de toda a mão de obra formal, e temos uma participação de cerca de 30% no PIB. Com toda essa representatividade, encaramos os mesmos problemas das grandes empresas e por vezes de forma desigual.

Mas como sempre, devemos olhar os nossos desafios e ir em frente, efetuar o nosso planejamento e melhorar nossas empresas dia após dia.

Neste artigo, vou comentar um pouco sobre os desafios que temos e como podemos fazer para minimiza-los.

1. Gestão de Pessoas

Gestão de Pessoas

Competir no Mercado com as Grandes Empresas, requer agilidade, rapidez e produtividade. Isso somente é possível quando se tem excelentes recursos humanos.

A maior arma para retenção de talentos das Grandes Empresas estão nas políticas de remuneração, benefícios e incentivos. Não é possível selecionar e manter um quadro excelente de profissionais em uma PME baseado neste pilar.

A boa notícia é que a atual geração, não vê somente na remuneração o único componente de atratividade. É um pilar aonde se inclui a Cultura Organizacional, Incentivos não Financeiros e Clima Organizacional/Motivação.

Por isso as Pequenas e Médias Empresas podem adotar políticas mais modernas de Gestão de Pessoas que contribuam com o desafio de manutenção de bons recursos humanos.

A qualificação da mão de obra é um outro problema grave, pois de forma geral, a educação formal não consegue responder as habilidade necessárias de um colaborador no ambiente de negócios atual. Porém treinar e proporcionar qualificação se torna muito caro, se  a empresa não conseguir reter o colaborador, uma dica é utilizar as tecnologias EAD para poder responder a esse desafio com um custo interessante.

Leia Também:

Como manter bons colaboradores na sua empresa?

Comunicação Interna: Como destacar a sua empresa em um ambiente competitivo

Recursos Humanos: 6 respostas para as dúvidas mais comuns sobre pessoal em sua PME (incluindo como contratar, reter e demitir)

Algumas razões para manter seu colaborador motivado

2. Burocracia e Excesso de Obrigações

Esse aqui é um dos desafios mais complexos do nosso país. O excesso de Burocracia.

Para iniciar um negócio, é preciso passar por pelo menos 6 órgãos diferentes. Demora-se pelo menos 64 dias para conseguir abrir uma empresa de serviços, 95 dias para um Comércio e pasmem: 110 dias para abrir e regularizar uma indústria.

Com este tempo, na nossa realidade atual uma oportunidade de mercado pode se extinguir. Esse tempo de abertura para se ter uma ideia é de 6 dias nos EUA, 5 dias em Portugal e 3 dias em Singapura!

Recomendamos para você:  Os aspectos legais das férias coletivas

Isso sem contar com as escolhas que devem ser feitas como o Tipo Societário e Enquadramentos de Porte e Tributários. Tanto que este é o artigo mais acessado do nosso site é justamente: Quais as diferenças entre MEI, EI, ME, EPP, EIRELI, LTDA e S.A.?

Isso sem contar com as mudanças na legislação, que dificultam manter um ambiente estável para tomar decisões.

Para se ter ideia, a Legislação do ICMS mudou nos últimos 4 anos, 558 vezes! Quase 1 atualização a cada 3 dias, conforme levantamento da Endeavor. Neste mesmo Estudo, o Instituto apontou que 86% das empresas possuem pelo menos uma pendência de obrigação.

Isso exige muito dos contadores do nosso Brasil. Para minimizar por exemplo, esse problema, nosso escritório possui uma plataforma tecnológica para ficar atualizando as Certidões Negativas dos nossos clientes, isso permite agir rápido quando algo acontece e evitar que existam problemas não resolvidos.

Leia Também:

Rotinas e obrigações de uma empresa: O que você precisa saber para não se perder e fazer seu negócio dar certo

CND: Como não deixar sua (ir)regularidade fiscal prejudicar os negócios

CNAE: Se você não definir a atividade de sua empresa corretamente vai se odiar depois

Contabilidade: Documentos que eu tenho que enviar mensalmente para o contador

3. Complexidade Tributária e Excesso de Impostos

 

Burocracias e complexidade

Nossa senhora…

Temos com certeza uma legislação complexa e difícil para o empreendedor. Até quando queremos simplificar, complicamos.

O Simples Nacional, que é uma grande evolução com certeza, possui 6 tabelas de alíquotas, mais diversas situações tributárias de Substituição, produtos Monofásicos, Isenções, etc., que se você calcular as possibilidades de apuração, vão gerar mais de 100 situações diferentes.

Agora, o Brasil é grande não é mesmo?! Imagine que para vender para fora do Estado você precise conhecer da Legislação do Outro Estado para pagar os Impostos… isso só acontece aqui no Brasil. Imagine só a Amazon nos EUA implantando milhares de regras para emitir as compras dos produtos vendidos… 

Temas como a Substituição Tributária, o Diferencial de Alíquotas e os Produtos Monofásicos, são complexos para o empreendedor, e afetam todo o cálculo de custo, que acaba por não tem um único padrão. Isso prejudica muito as empresas em geral e destroem uma PME, que não deveria tratar com essa complexidade toda.

Por conta disso, para as PMEs é muito importante ter um contador parceiro que entenda bem sobre tributos e que possa orientar com relação aos melhores caminhos.

Leia Também:

Planejamento tributário: como fazer o da sua empresa

Planilha de Simulação Tributária

Qual a diferença entre Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real?

Conheça as vantagens e desvantagens do Lucro Presumido e do Lucro Real

4. Acesso a Capital e Recursos Financeiros

Recebemos muitos Empreendedores aqui no Escritório e por e-mail, que reclamam que não conseguem nem abrir uma conta bancária, imagina acessar as linhas de Financiamento e Empréstimos.

Recomendamos para você:  Por que um departamento administrativo não pode faltar na sua empresa

Veja, para uma instituição financeira, que ganha muito dinheiro com os Títulos Públicos, é mais fácil e menos arriscado emprestar recursos para grandes empresas boas pagadoras. O acontece portanto, há pouca atenção para os empreendedores das PME’s.

Não que não se consiga os recursos, mas o caminho é mais árduo para uma PME, que deve ir todo o dia em seu gerente, pesquisar as linhas, e estimular que ele as te ofereça em vez de oferecer para uma grande empresa, que recebe todo dia a ligação do Corporate verificando a necessidade.

Bem, para toda sorte nossa, as Startups estão atuando neste setor amplamente regulamento pelo Banco Central e atendendo a nossa necessidade, já que é preciso escalar.

Novas oportunidades de Captação de Recursos têm surgido como Microcrédito, empréstimos Peer to Peer (direto com o investidor), soluções de Crowdfunding e até Equity Crowdfunding para um Financiamento de Risco. Falamos sobre esse tema no Artigo: Captar recursos para o seu negócio – Conheça as alternativas e dicas para financiar seu crescimento, então, dica de ouro: vale à pena dar uma olhada!

5. Gestão Financeira e Contábil

Falando novamente de Educação, nossas escolas também não ensinam sobre finanças, tampouco as faculdades que não são ligadas ao tema. O que acontece, o Empreendedor entende tudo sobre o seu negócio e quase nada sobre finanças.

Ocorre que não entender o Capital de Giro, de como os prazos de pagamento e de recebimento influenciam a empresa ou ainda como prever as necessidades financeiras pode prejudicar a existência da empresa.

Isso tudo faz com que o melhor e mais rentável tipo de produtos e serviços, possa dar errado. Imagina, por tudo a perder por falta deste detalhe. 😖

Em Finanças, ou você faz ou você não faz. Não existe meio termo, pois um “quase acertei” pode levar todo o seu tempo, recursos e sonhos para o buraco.

Leia Também:

[Quiz] Avalie a Gestão Financeira de sua empresa

Fluxo de Caixa: 9 dicas para torna-lo mais eficaz (aposto que você não conhecia a 8ª dica!)

Crise Financeira: Como recuperar a saúde financeira da empresa e sobreviver de momentos difíceis

A verdade que ninguém nunca contou sobre despesas elevadas

6. Marketing e Vendas

Marketing e Vendas

Um negócio ou uma empresa não é nada sem vender. Depois de ter tanta dificuldade como a abertura, com a definição de estrutura, com o pagamento de taxas e impostos, a venda é o que realiza o nosso planejamento.

Neste ponto, muita coisa mudou, pois o consumidor mudou. Antigamente bastava escolher um excelente ponto comercial que as vendas fluíam quase que naturalmente.

Mas agora, temos um consumidor ativo, que procura no Google uma solução para os seus problemas, e se estiver convencido que o seu produto ou serviço resolve o seu problema, adquire.

Isso tem feito com que as Pequenas Empresas atuem muito mais no Marketing. Para ficar por dentro dessas mudanças e como fazer para se adequar à elas, leia: As mudanças do Marketing – Saiba como fazer um plano na sua empresa para os dias atuais

Recomendamos para você:  Entenda a importância de conhecer o ponto de equilíbrio da sua empresa

Sobre o marketing, é isso. Agora vamos falar sobre as vendar.

Em vendas existem novos conceitos de como se vender demonstrando o valor dos seus produtos. Aquela cena do vendedor da Barsa batendo de porta em porta morreu. Para ter sucesso, é importante bater na porta somente daqueles que queiram comprar o seu produto ou que tenham o problema que você resolve. Assim, você torna suas ações muito mais dinâmicas e eficientes. Esses métodos são chamados de Inbound e Outbound Sales.

Pensando nisso, estamos promovendo no dia 31/10 (terça-feira) um Saberes com o Tema Prospecção e Vendas Outbound para PMEs que será conduzido por Ricardo Corrêa, CEO da Ramper.

Se inscreva neste link e participe! 😊

7. Contratação de um Contador

Um dos profissionais mais importantes no apoio do Empreendedor e das PME’s é o contador. Todo esse processo de abertura, escolha dos tributos, apuração de impostos, mudanças de legislação e atendimento de obrigações, passa pelo Contador.

Só que essa atividade também tem tido transformações. O Contador é o profissional de Gestão mais próximo do Empreendedor e que tem acesso ao desempenho da empresa. O Contador tem se tornado um Consultor, contribuindo para que as empresas tenham mais sucesso. Entenda mais sobre a importância da nossa profissão, veja 8 motivos para contratar um contador para sua empresa.

E falando em consultoria, esse é o espírito na Capital Social Contabilidade e Gestão. Todos os colaboradores são incentivados a oferecerem informações úteis aos clientes assim que percebem algo que pode ser melhorado. Além disso, os Gestores procuram estar próximos dos Empreendedores e oferecerem informações de Gestão por Email, pelo Blog e por Eventos Presenciais como o nosso ciclo do Saberes.

Por isso, já deixamos a dica: ao contratar uma contabilidade para sua empresa é necessário equilibrar a visão de tratar dos assuntos burocráticos e de ter informações úteis para o seu crescimento!

O que desejamos para você nesse Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa

Desejamos que após esse artigo, dúvidas tenham sido sanadas e informações de grande utilidade tenham sido entregues para você. Nós da Capital Social buscamos sempre contribuir com a realidade enfrentada pelos empreendedores do nosso país, com informações úteis e aplicáveis, e esperamos que essas orientações te ajudem a melhorar cada vez mais o seu negócio e consequentemente, lhe permitam crescer mais e mais!

Então, te desejamos um Feliz Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa! E muito, muito sucesso! 📈

E aí, o que achou do nosso Artigo Especial dia Nacional da Micro e Pequena Empresa? Esperamos ter dado informações que possam ajudar na gestão da sua PME.

Compartilhe suas experiências de empreendimento nos comentários, adoraremos saber! 

Até a próxima! 😉

Regina Fernandes
Regina Fernandes
Contadora, pós graduada em Marketing com especialização em Gestão de Projetos. É sócia proprietária da Capital Social Contabilidade e Gestão. Website: www.capitalsocial.cnt.br